Venezuela na pobreza extrema

O Vaticannews noticiou a situação alarmante da Venezuela e como a população vem sendo assolada pela pobreza extrema.

O Arcebispo de Caracas, card. Jorge Liberato Urosa Savino, fez um apelo ao governo venezuelano para combater o empobrecimento do país.

O Observatório da Caritas noticiou que, na Venezuela 82% da população está vivendo em estado de pobreza e 52% em indigência extrema, ou seja, quem não tem o necessário para viver.

Outro dado chocante é que mais de 11 mil crianças morreram em 2016 por falta de remédios e a mortalidade materna aumentou quase 70%.

Enquanto isso, continua a ajuda da Caritas Venezuelana à população em dificuldade. Em especial, foi ativada a distribuição de água e produtos de higiene e a promoção de projetos no âmbito da segurança alimentar e da nutrição, da saúde, da construção da paz e da formação.

Vale ressaltar que muitos aqui no Brasil (alguns partidos) apoiam a forma ditatorial com que Nicolás Maduro tem conduzido a Venezuela.

Há duas semanas o brasileiro Moisés Diniz, foi preso acusado de agir contra o governo. Seu paradeiro era desconhecida até o dia 6/01 quando foi expulso do país. Segundo o site Último Segundo o brasileiro declarou estar bem, mas manifestou sua indignação com relação à situação de pobreza e indiferença com a situação das crianças.

O jovem trabalhava para uma ONG que distribuía alimentos, remédio e brinquedos para crianças de rua na Cidade de Vargas.

Rezemos para que Deus possa iluminar os governantes daquele país para que possam ser instrumentos de paz e não morte.

Segundo fonte de Vatinan news

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password