O valor da família em tempo de crise

“Neste tempo de medo, de insegurança, a família se torna verdadeiramente um lugar de alegria, de esperança, de vida, de amor”.

Família é o nosso refúgio

Neste tempo de quarentena, muitos de nós fomos colocados dentro de nossas casas, juntos aos nossos familiares. Como é belo perceber que a família, instituição considerada falida por muitos, é justamente a que nos momentos difíceis da vida nos acolhe e sustenta.

Porém, agora que estamos todos juntos, o que fazer?

Gostaríamos de partilhar com vocês como temos aproveitado o nosso tempo ao longo desses dias. A primeira mudança gritante é na dimensão da espiritualidade.

Logo pela manhã, após o café, temos tido a possibilidade de meditar o Evangelho em família, fazendo um propósito de vida para aquele dia, iluminados pela Palavra de Deus.

Luciano e Elisângela atualmente estão na missão de Barbalha-CE

“Percebemos como isto tem edificado a nossa casa”

O terço tem sido outro momento de união familiar, onde nos colocamos diante do nosso altar de oração e rezamos, pedindo a intercessão de nossa Mãe Maria.

Outra grande mudança é o tempo que temos disponível para o cônjuge e para os filhos.

Como tem sido agradável o tempo com o esposo/esposa, onde podemos cuidar um do outro, ter uma atenção que talvez não estávamos tendo, dialogar, trabalhar juntos (inclusive esse é o momento ideal para realizar aquelas pendências que a esposa te pede a algum tempo e deixá-la feliz da vida)…Tempo para a esposa fazer aquela comida caseira e, claro, tempo também para apenas estar juntos (tempo para namorar).

Existindo uma comunhão entre os cônjuges, também conseguimos aproveitar melhor o tempo com os filhos.

Aqui, o colégio onde as crianças estudam fez todo um planejamento escolar para estes dias de quarentena e nós, que temos o dever de acompanhá-los nos estudos, estamos ajudando nas tarefas.

Fortalecendo os laços

O tempo para o trabalho doméstico não fica de fora. Todos juntos buscam manter a ordem da casa, por isso sempre pedimos a ajuda dos meninos em alguns desses afazeres.

Depois do dever, vamos para o lazer. Não podem faltar os momentos para as brincadeiras, assistir filmes e até entrar no mundo deles de jogos de celulares e também de vídeos que costumam assistir, ajudando-os assim a entender as coisas que são boas e as coisas que não são tão boas, que não acrescentam em nossa vida.

Enfim, neste tempo de medo, de insegurança, a família se torna verdadeiramente um lugar de alegria, de esperança, de vida, de amor.

Por isso, aproveite seu tempo, aproveite sua família!

Luciano e Elisângela, missionários de vida e pais do Rafael e do Gabriel

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password