Cristãos de Belém fabricam um milhão de terços para a JMJ

“E tu, Belém, terra de Judá, de modo algum és a menor entre os clãs de Judá; pois de ti sairá um chefe que apascentará Israel, o meu povo” (Mt 2,6)

O Rosário salvará vidas

Desde os tempos de Herodes até hoje, Belém tem uma história turbulenta e sangrenta. A presença e sobrevivência dos cristãos nessa região é um risco iminente, que não será possível sem oração.

Mateus continua relatando como os magos seguiram a estrela até “o lugar onde se encontrava o menino. (…) Ao entrar na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram” (Mt 2,9s). Adoração, com os olhos de Maria – isso é o Rosário.

A adoração e a sobrevivência em Belém representam um único projeto; que ao mesmo tempo convida jovens do mundo todo a rezar pela paz. Concretamente: terços de madeira de oliveira estão sendo produzidos pelos cristãos em Belém e serão distribuídos aos jovens na Jornada Mundial da Juventude no Panamá, em janeiro próximo.

Um milhão de terços

Calcula-se que ao menos meio milhão de jovens no Panamá, deverão receber, cada um, dois terços vindos de Belém: um para uso pessoal e outro para ser dado de presente a outros jovens na própria terra natal. O Papa Francisco apelou repetidamente para essa oração.

Como ele diz, para o Rosário nada é impossível, porque “a oração do Rosário é a síntese da história da misericórdia de Deus”.

Há meses que os cristãos em Belém estão trabalhando na produção de um milhão de terços. O custo do material mais a mão de obra consiste em 1 dólar americano por terço. Todo esse trabalho proporcionará uma renda suficiente para que 200 famílias católicas em Belém sobrevivam por um ano.

Belém ainda é uma cidade da esperança. Nós depositamos essa esperança, juntamente com o Rosário, nas mãos da juventude.

Segundo Fonte de ACN Brasil (Ajuda à Igreja que Sofre)

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password