fbpx

Convite à Geração Acordi nesta Quaresma

“Depois que João foi preso, veio Jesus para a Galiléia, proclamando o Evangelho de Deus: Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede na Boa Notícia” (Mc 1,14-15)

Tempo de conversão

Queridos irmãos da Geração Acordi. Sabemos que a Quaresma é um tempo de conversão! Quando se fala de conversão muitos pensam em alguma coisa pesada, exigente, e de forma alguma soa como uma proposta atraente.

Será que Jesus pensava assim? O que ele pensava sobre conversão? Como nós, da Geração Acordi, podemos nesta Quaresma, acolher aquilo que Jesus propunha ao falar de conversão?

Marcos sintetiza nestes dois versículos acima toda atividade de Jesus! Ele veio para anunciar uma notícia maravilhosa, que alegraria todos aqueles que a ouvissem: Deus desceu do céu, e de forma definitiva, veio viver entre nós.

O seu Reino chegou, já está irrompendo neste mundo, não precisamos mais esperar! O Pai não aguentou ver o sofrimento dos seus filhos, e desceu para iniciar de forma definitiva a restauração deste mundo, afim de que ele se torne novo, parecido com o Céu.

Em outras palavras, o Céu está invadindo a Terra! Essa notícia era um fogo que queimava Jesus por dentro, e Ele queria gritar por onde passasse: “Vim trazer fogo à terra, e como gostaria que já estivesse aceso! (Lc 12,49)

Contudo, Jesus sabe que o Pai não quer trabalhar sozinho! Ele está à procura de pessoas que, como o Seu Filho Jesus, dediquem sua vida para que este Reino, este mundo novo, possa acontecer!

O que Deus quer de nós?

No trecho seguinte a este, a primeira coisa que Jesus faz é chamar homens para segui-lo neste ideal (cf. Mc 1,16-20), e para estas pessoas que desejam acolher o dom maravilhoso do Reino que chegou, Jesus solicita uma atitude fundamental: conversão!

Contudo, para Jesus, essa conversão não significa “deixar de pecar”, ou mudar algum hábito desregrado (gula, preguiça…). Mais do que isso, o convite que Jesus faz aos discípulos é que eles se abram para acolher o Reino que chegou, e a partir daí, entrem na dinâmica deste Reino, isto é, reorientem toda sua vida em conformidade com o Reino!

A vontade de Deus é que o Reino possa acontecer: “foi do agrado do vosso Pai vos dar o Reino” (Lc 12,32). O Reino de Deus é a vida como Deus deseja que seja vivida. Na medida em que vivemos como Deus sonha para nós, o seu Reino acontece.

Para isso, não basta apenas mudar alguma atitude, mas, mudar a dinâmica da própria existência: sonhos, desejos, modos de agir, de pensar, caráter etc, tudo deve ser orientado para o Reino de Deus.

A palavra grega metanoia, que traduzimos como conversão, significa “revisar o enfoque de nossa vida”, “reajustar as perspectivas”. É como se Jesus estivesse nos dizendo: “vos convido a rever o modo que estão vivendo, para que possais experimentar a vida nova, feliz e livre, que o Pai deseja vos comunicar”.

Vem para o Reino!

De fato, ao falar de conversão, Jesus não está olhando este ou aquele pecado que cometemos, mas convidando a uma guinada radical de vida: entrar no Reino de Deus! Passar a viver como Deus deseja, nos abrindo a cada dia para o seu Reino e sua justiça, e tudo o mais nos será dado em acréscimo. (cf. Mt 6,33)

É justamente isso que Jesus quis dizer à Nicodemos, quando o convida à “nascer de novo” para entrar no Reino de Deus: precisa mudar por completo a maneira de viver, como se estivesse nascendo novamente para a vida! (cf. Jo 3,3-7)

Penso naquilo que Jesus desejaria dizer hoje para nós, Geração Acordi: “partilhei com vocês o meu grande ideal, o Reino do meu Pai. Eu dediquei toda minha vida, energia, para que os homens descobrissem essa notícia maravilhosa. Que alegria saber que vocês abraçaram este sonho, e desejam dar continuidade a este projeto que eu iniciei”.

Como responder à Deus?

E o que nós podemos então nesta quaresma responder a Jesus? “Senhor, obrigado por revelar a nós o dom precioso do seu Reino, do amor do Pai, que de fato, esta revolucionando a nossa vida. Desejamos nesta quaresma, acolher seu convite para rever nossas opções fundamentais, e reorientá-las todas para o seu Reino.

Ajude-nos a viver essa transformação profunda, mudar nossa mentalidade (cf. Rm 12,2: “E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos, renovando a vossa mente”), afim de que através de nós, nas simples coisas do dia-dia, o Reino de amor do nosso Pai possa continuar acontecendo!

Este é o convite para a Geração Acordi nesta quaresma: reorientar toda a nossa vida segundo a vontade de Deus, isto é, entrar no Reino! Nos perguntemos então: como esta minha disponibilidade aos apelos que o Reino exige de mim? Estou disposto a tudo pelo Reino?

Tenho o Reino como grande anseio da minha vida, ou ainda busco outras realizações pessoais? Meu modo de se relacionar com os irmãos está atraindo o Reino, ou criando conflitos, apegos?

Escolha radical

Podemos deixar de comer carne, doce, ou até fazer a escolha de dormir no chão, tomar banho gelado etc, mas não necessariamente estarmo-nos abrindo profundamente ao Reino que esta no meio de nós!

Coragem irmãos, a conversão ao Reino faz bem, é caminho para a Vida, pois nos ajuda a superar nossos fechamentos, egoísmos, que tanto nos bloqueiam e paralisam, e nos lança para uma vida extremamente livre, libertada, libertadora!

Vamos com a nossa Mãezinha, a primeira que teve a coragem de orientar toda sua vida a este projeto de Deus, e por isso, será lembrada por todas as gerações como a mais feliz das mulheres que existiu (cf. Lc 1,48).

Que neste ano mariano, com a intercessão dela, sejamos incendiados pelo fogo do Reino e testemunhemos a todos que não existe nada melhor nesta vida do que: nos converter e crer na Boa Notícia do Reino!

Pe. Leandro Antônio

0 Comments

    Leave a Comment

    14 + 1 =

    Login

    Welcome! Login in to your account

    Remember me Lost your password?

    Lost Password