Afinal, como fazer a comunhão espiritual na Missa?

Você já deve ter ouvido o padre durante a Missa convidar as pessoas a comungarem espiritualmente caso estejam impedidas por algum motivo. Mas, você sabe como fazer a comunhão espiritual?

Deseja Jesus profundamente

A comunhão espiritual é feita por aqueles que por algum motivo não podem receber sacramentalmente o Corpo e o Sangue de Jesus.

Você já deve ter ouvido o padre durante a Missa convidar as pessoas a comungarem espiritualmente caso estejam impedidas por algum motivo. Mas, você sabe como fazer a comunhão espiritual?

Essa prática era muito comum por diversos santos de alguns séculos atrás. Santa Teresinha era adepta da comunhão espiritual que consiste simplesmente, em desejar receber Jesus na alma, se entreter com Ele num colóquio de amor.

A adoração eucarística é também uma forma de comunhão espiritual.

Cada um pode meditar e realizar a comunhão espiritual do seu jeito, com suas próprias orações e necessidades, sem se limitar a uma oração específica.

É aconselhado porém, que se faça um ato de Fé na Eucaristia, um ato de amor (Te amo sobre todas as coisas); um ato de desejo (desejo receber-Te em minha alma); e o pedido de que Jesus venha espiritualmente a seu coração, permanece em ti e faça que nunca te abandone.

Sugerimos que você faça no momento da comunhão uma breve oração até que você faça a sua própria oração. Não deixe de demonstrar o desejo de estar mais próxima(o) de Jesus.

Oração para a comunhão espiritual

“Meu Jesus, eu creio que estais presente no Santíssimo Sacramento. Amo-Vos sobre todas as coisas e minha alma suspira por Vós, mas, como não posso receber-Vos agora no Santíssimo Sacramento, vinde ao menos espiritualmente a meu coração.

Abraço-me convosco como se já estivésseis comigo; uno-me convosco inteiramente. Ah! Não permitais que eu algum dia me separe de Vós.

Ó Jesus, sumo bem e doce amor meu, inflamai meu coração, a fim de que esteja para sempre abrasado em Vosso amor. Amém.

Eu quisera, Senhor, receber-Vos com aquela pureza, humildade e devoção com que Vos recebeu a vossa Santíssima Mãe, com o espírito e o fervor dos santos”.

Com informações de Editora Cléofas

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password